Navigation

Líder da opositor afirma que diálogo com governo da Venezuela não deu certo

Juan Guaidó afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 28. agosto 2019 - 17:53
(AFP)

O líder opositor venezuelano Juan Guaidó afirmou nesta quarta-feira que o diálogo com o governo do presidente Nicolás Maduro não funcionou, e por isso sua retomada é incerta.

"Vimos que isso não funciona", disse o chefe do parlamento, reconhecido como presidente interino por mais de 50 países.

Na negociação mediada pela Noruega, os delegados de Maduro exigem que os Estados Unidos levantem as sanções que agravam a já crítica situação econômica do país.

"Neste momento, não há dada para retomada do mecanismo de mediação do reino de Noruega até que consigamos que seja algo concreto para nos aproximarmos de uma solução", afirmou Guaidó referindo-se ao processo iniciado em maio passado.

Maduro, que conta com o apoio dos militares e a Rússia, suspendeu as conversações em 7 de agosto em protesto contra as novas medidas que congelaram os ativos do governo venezuelano nos Estados Unidos e ameaçam com sanções as empresas que negociem com a administração socialista.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.