Navigation

López Obrador responde a Trump e diz que o México cuida da migração

Andres Manuel López Obrador afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 28. março 2019 - 14:10
(AFP)

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, afirmou nesta quinta-feira que seu governo cuida da questão migratória, em resposta à ameaça de seu colega americao Donald Trump de fechar a fronteira comum e acusar o vizinho de não fazer nada a respeito.

"Estamos cuidando do tema, insistindo que devem ser tratadas fundamentalmente as causas que originam a migração", afirmou López Obrador em sua habitual coletiva de imprensa matinal.

Usando o Twitter, Trump reiterou sua ameaça de fechar a fronteira com o México, acusando o país vizinho de "não fazer nada" para impedir a migração para os Estados Unidos.

"O México não está fazendo nada para ajudar a impedir o fluxo de imigrantes ilegais para o nosso país", tuitou Trump.

"Eu posso fechar a fronteira sul!", ameaçou.

"Da mesma forma, Honduras, Guatemala e El Salvador tomaram o nosso dinheiro durante anos, e não fazem nada", acrescentou.

Trump já fez ameaças semelhantes no passado.

Em dezembro, nos primeiros dias do "shutdown" (fechamento) mais longo do governo federal dos Estados Unidos, ele prometeu fechar a fronteira "completamente", se o Congresso não aprovasse fundos de 5,7 bilhões de dólares para construir um muro. O montante foi rejeitado pelos congressistas.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.