Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) A presidente argentina, Cristina Kirchner

(afp_tickers)

A presidente argentina, Cristina Kirchner, suspendeu nesta segunda-feira suas atividades por 48 horas devido a uma laringite aguda, informou a Unidade Médica do Poder Executivo em um comunicado.

A chefe de Estado, de 62 anos, planejava nesta segunda-feira liderar na cidade de Puerto Madryn (Patagônia, sul) o 150º aniversário da chegada dos imigrantes galeses que povoaram a região.

Kirchner "apresenta um quadro de laringite aguda, razão pela qual foi indicado o tratamento correspondente e a suspensão de atividades por 48 horas, junto a um controle evolutivo", segundo a declaração dos médicos.

Em julho de 2014, a presidente havia sofrido o mesmo problema em pleno inverno.

O problema de saúde ocorre a menos de duas semanas das eleições primárias obrigatórias e a três meses das eleições para eleger um presidente e renovar o Congresso.

Kirchner sofreu diversos problemas de saúde em seus oito anos à frente do governo. Fraturou um tornozelo em 2014, ano em que também esteve hospitalizada por uma infecção intestinal.

Em 2013 sofreu um hematoma subdural no crânio que a levou à cirurgia. Em 2012 teve o episódio mais grave cm uma cirurgia devido a um diagnóstico de câncer de tireoide que se mostrou equivocado.

A presidente peronista de centro-esquerda não pode se apresentar a um terceiro mandato depois de ter sido reeleita em 2011 e concordou em dar seu apoio ao peronista de tendência moderada Daniel Scioli, governador da província de Buenos Aires, o maior distrito do país e reduto do partido governante.

AFP