Navigation

Londres acusa Rússia de não prestar apoio à investigação sobre a queda de avião

A Grã-Bretanha acusou neste sábado a Rússia de não exercer sua influência sobre os separatistas pró-russos no leste da Ucrânia para poder ter acesso ao local da queda do avião da Malaysian Airlines. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 19. julho 2014 - 15:16
(AFP)

A Grã-Bretanha acusou neste sábado a Rússia de não exercer sua influência sobre os separatistas pró-russos no leste da Ucrânia para poder ter acesso ao local da queda do avião da Malaysian Airlines.

"Não estamos recebendo apoio suficiente da parte dos russos. A Rússia não está utilizando sua influência de maneira efetiva para fazer com que os separatistas, que estão no controle da área (onde o avião foi derrubado), permitam o acesso que necessitamos", declarou a jornalistas o ministro das Relações Exteriores britânico, Philip Hammond.

"Os olhos do mundo estão voltados para a Rússia", acrescentou o ministro.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.