Navigation

México faz parceria com três laboratórios para ensaios clínicos de vacina contra COVID-19

Empresa "Janssen Pharmaceutica" em Beerse afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 11. agosto 2020 - 17:25
(AFP)

O México fez acordos com duas empresas farmacêuticas chinesas e uma americana para realizar ensaios clínicos de uma possível vacina contra a COVID-19 a partir de setembro, anunciou o governo nesta terça-feira (11).

Os acordos foram firmados com a americana Janssen Pharmaceuticals e as chinesas CanSino Biologics e Walvax Biotechnology, e se somam à participação do México na fase final de testes de uma vacina desenvolvida pelo laboratório francês Sanofi.

"Temos um memorando de entendimento com três empresas distintas (...). Isso significa que a fase 3 destas vacinas será realizada no México", disse o chanceler Marcelo Ebrard na conferência matinal do presidente Andrés Manuel López Obrador.

Nesta fase, a eficácia da vacina é medida em larga escala, após uma primeira etapa na qual se avalia sua segurança e uma segunda em que se explora sua eficácia em grupos reduzidos.

"Teríamos quatro protocolos clínicos de Fase 3 no México entre setembro e janeiro", disse o chanceler.

Ebrard disse que o objetivo é que os testes sejam feitos "conforme as normas da Secretaria de Saúde e da Comissão Federal para a Proteção contra Riscos Sanitários (Cofepris)".

"Nossa tarefa é localizar, dialogar, sejam governos ou empresas e que o México tenha acesso à tempo (à vacina)", acrescentou.

Ebrard disse que, até o momento, estabeleceu contato direto com 15 dos laboratórios mais adiantados no desenvolvimento das pesquisas.

Com 53.000 mortes até segunda-feira, o México, de 128,8 milhões de habitantes, é o terceiro país do mundo com mais mortes pela pandemia de coronavírus, atrás dos Estados Unidos e Brasil.

No entanto, sua taxa de mortalidade por 100.000 habitantes (41) é a décima quinta do mundo, segundo estatísticas da AFP com base em dados oficiais.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.