Navigation

México registra primeiros casos de coronavírus

(27 fev) López-Gatell participa de entrevista coletiva na Cidade do México afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 28. fevereiro 2020 - 17:55
(AFP)

O México se tornou o segundo país da América Latina com confirmação de casos de coronavírus, depois que um homem na Cidade do México e outro em Sinaloa (noroeste), que estiveram na Itália, testaram positivo, informou o governo nesta sexta-feira (28)

O primeiro indivíduo "está em condições estáveis", disse Hugo López-Gatell, subsecretário de Prevenção e Promoção da secretaria de Saúde, em entrevista coletiva.

"Ele tem uma doença leve, o que significa que não tem pneumonia. Apresenta sintomas parecidos com o de um resfriado. É um indivíduo jovem, por isso o risco é muito baixo".

A partir desse caso, as autoridades sanitárias localizaram "um segundo caso em Sinaloa", segundo López-Gatell.

"Temos outros dois homens que são assintomáticos, um no Estado do México e outro na Cidade do México. De qualquer forma, pelo protocolo de contatos, estarão sob observação", relatou Hugo López-Gatell.

O funcionário revelou que "tudo isso parece estar relacionado a um caso, uma pessoa também de nacionalidade mexicana que está em Bergamo, Itália, que é o local onde eles estavam na terceira semana de fevereiro - os quatro indivíduos - e onde provavelmente ocorreram os contágios", detalhou.

O Brasil foi o primeiro país da América Latina a registrar um caso da epidemia, que surgiu na China e se espalhou pelo mundo.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.