Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Uma grande manifestação em favor do povo palestino pediu, neste sábado, em Santiago que a presidente chilena, Michelle Bachelet, rompa relações diplomáticas com Israel devido ao grave conflito na Faixa de Gaza.

(afp_tickers)

Uma grande manifestação em favor do povo palestino pediu, neste sábado, em Santiago que a presidente chilena, Michelle Bachelet, rompa relações diplomáticas com Israel devido ao grave conflito na Faixa de Gaza.

"Rompa relações com Israel!" gritaram os manifestantes que percorreram várias ruas da capital chilena agitando centenas de bandeiras palestinas e usando o típico ‘kufiya’ (lenço árabe) no pescoço e nos ombros.

"Estamos pedindo que a presidente Michelle Bachelet expulse o embaixador de Israel e rompa relações com Israel. Queremos dizer ao mundo que os chilenos estão mobilizados contra o massacre israelense", disse à AFP Mauricio Abu-Gosh, presidente da Federação de Palestinos no Chile.

O Chile abriga uma das maiores comunidades árabes do mundo, com cerca de 300.000 pessoas.

O protesto foi pacífico e terminou diante do Palácio de La Moneda, onde foram exibidos cartazes e faixas com frases como "Parem o genocídio de palestinos" ou "Chega de mortes de crianças inocentes".

AFP