Navigation

Mil migrantes cubanos chegam à fronteira do México com os EUA

Migrantes revisam tarifas de ônibus publicadas na parede da Casa do Migrante em Tijuana, Baja California, México, em 18 de abril de 2019 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 19. abril 2019 - 15:29
(AFP)

Cerca de mil migrantes cubanos chegaram à mexicana Ciudad Juárez, na fronteira com os Estados Unidos, enquanto outros 400 cidadãos do país se uniram à enorme caravana de centro-americanos que avança pelo sudeste do México para chegar ao território americano, informaram fontes oficiais.

"A chegada de cubanos teve início na segunda-feira passada, com cerca de 260 pessoas, na terça, 252, ontem (quarta), 350, e hoje (quinta) somaram-se 130 migrantes registrados e outros à espera de ser registrados", informou Enrique Valenzuela, coordenador do Conselho de Atenção a Migrantes de Chihuahua, estado da Ciudad Juárez.

A maioria desses cubanos querem pedir asilo aos Estados Unidos e chegaram em família à Ciudad Juárez, onde passam a noite na rua para não perder seu lugar na fila de registro para o trâmite de asilo.

Enquanto isso, no extremo sul do México, cerca de 5.000 migrantes de diversas nacionalidades atravessam o estado de Chiapas, na fronteira com a Guatemala, em uma caravana em busca do sonho americano, segundo o Instituto Nacional de Migração (INM).

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.