Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Cidade nigeriana devastada após ataques do Boko Haram é vista em 20 de maio de 2014

(afp_tickers)

Quinze mil pessoas deixaram suas casas no nordeste da Nigéria após um ataque cometido durante o fim de semana pelo grupo radical armado Boko Haram na cidade de Damboa, no estado de Borno, anunciaram nesta segunda-feira os serviços de segurança.

Militantes do Boko Haram chegaram a Damboa, incendiando casas e massacrando civis.

O ataque, iniciado na noite de quinta-feira, continuou no fim de semana, com testemunhas afirmando que os civis ficaram indefesos depois de as forças de segurança terem se retirado da região.

De acordo com a imprensa nigeriana, os combatentes do Boko Haram ainda ocupam a cidade, com suas bandeiras tremulando em prédios públicos.

Apesar disso, o Exército tenta minimizar a extensão da crise.

"Não vamos deixar parte alguma deste país com um grupo terrorista", declarou seu porta-voz Chris Olukolade. "Os serviços de segurança consolidam seus avanços em todas as regiões (...) Vamos acabar com qualquer forma de insegurança em breve", acrescentou.

O grupo Boko Haram já matou mais de 2.000 civis no nordeste do país em 2014.

AFP