Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(7 ago) Tropas libanesas acompanham um caminhão de refugiados no Vale do Bekaa

(afp_tickers)

Mais de 2.000 sírios estão bloqueados nas montanhas da localidade libanesa de Aarsal, sem nenhum recurso, afirmou nesta quinta-feira uma freira envolvida na ajuda aos refugiados sírios no Líbano.

"Entre 2.000 e 2.500 sírios que deixaram Aarsa para retornar a seu país, estão atualmente nas montanhas desta cidade e estão sem nenhuma ajuda porque as ONG não conseguem atendê-los, visto que esta é uma zona militar", afirmou à AFP a irmã Agnès.

"Eles deveriam partir com um primeiro contingente de 1.700 refugiados, mas nós não conseguimos resgatá-los", acrescentou.

Uma porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur) informou à AFP que sua equipe na região de Bekaa "não tinha informações sobre esses refugiados".

AFP