Navigation

Ministro alemão critica "estupidez" americana por casos de espionagem

O ministro das Finanças, Wolfgang Schauble, criticou o fato dos Estados Unidos contratarem pessoas consideradas de terceira categoria. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. julho 2014 - 11:25
(AFP)

O ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schauble, criticou nesta quinta-feira a "estupidez" dos Estados Unidos depois da descoberta de dois possíveis casos de agentes alemães que teriam trabalhado para agências americanas.

"É totalmente idiota que os Estados Unidos contratem em nosso país pessoas de terceira categoria. Tanta estupidez dá vontade de chorar", disse o ministro, conhecido por falar sem rodeios, em uma entrevista ao canal de televisão Phoenix.

Pela segunda vez em cinco dias, a justiça alemã abriu na quarta-feira uma investigação sobre um suposto espião que, segundo a imprensa, trabalhava para Washington.

Na sexta-feira passada, a promotoria anunciou uma investigação sobre um agente do Serviço Secreto Alemão (BND) suspeito de trabalhar para um país estrangeiro, mas sem revelar o nome do Estado.

Segundo a imprensa, o suspeito seria um oficial das Forças Armadas da Alemanha que trabalhava para os Estados Unidos.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.