Navigation

Ministro de Petróleo da Venezuela testa positivo para COVID-19

Tareck El Aissami fala à imprensa em 10 de maio de 2019 em Caracas afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. julho 2020 - 20:49
(AFP)

O ministro do Petróleo da Venezuela, Tareck El Aissami, um dos colaboradores mais próximos do presidente socialista Nicolás Maduro, informou nesta sexta-feira que testou positivo para a COVID-19.

"Hoje começo meu isolamento com todos os protocolos médicos, depois de ser positivo para a COVID-19. Uma nova batalha que assumo apegado a Deus e à vida!", escreveu El Aissami no Twitter.

O anúncio é feito um dia depois que o número dois do Chavismo, Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Constituinte que governa o país com poderes absolutos, informou estar infectado.

Segundo dados oficiais, questionados pela oposição e por organizações como a Human Rights Watch, 8.372 infecções e 80 mortes por coronavírus foram confirmadas na Venezuela até a última quinta-feira.

Nas últimas semanas, houve uma aceleração de infecções, que Maduro chamou de "preocupante".

Setenta dias se passaram entre o primeiro caso registrado e o número 1.000; apenas quatro entre 6.000 e 7.000 e três entre 7.000 e 8.000.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.