Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Flores deixadas por parentes de vítima de tragédia em meio a destroços de avião da Malaysia Airlines, em 26 de julho

(afp_tickers)

A Rússia considerou nesta terça-feira um "ato hostil e impensado" o anúncio por parte do Japão de novas sanções contra Moscou, responsabilizado por Tóquio da desestabilização da Ucrânia.

"O anúncio por parte do Japão (...) de sanções adicionais contra a Rússia é um ato hostil e impensado que se baseia em ideias totalmente errôneas sobre os motivos reais do que está ocorrendo na Ucrânia", indicou a diplomacia russa em um comunicado.

O Japão havia anunciado na segunda-feira a aplicação de novas sanções contra as pessoas e instituições russas envolvidas na "anexação da Crimeia e na desestabilização da Ucrânia" após a queda do voo MH17 da Malaysia Airlines na fronteira entre Rússia e Ucrânia, derrubado por um míssil.

AFP