Navigation

Nasa conclui preparativos para lançamento de robô a Marte

O Perseverance tem três metros de comprimento, pesa uma tonelada e carrega sete instrumentos científicos afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 27. julho 2020 - 19:50
(AFP)

A Nasa deu hoje autorização técnica para o lançamento, na próxima quinta-feira, do rover de seis rodas Perseverance a Marte, onde o robô buscará rastros de antigos micróbios que podem ter povoado aquele planeta há mais de 3 bilhões de anos.

Em 18 de fevereiro de 2021, o rover deverá posar em Marte. "Estamos prontos para o lançamento", anunciou o administrador da Nasa, Jim Bridenstine, em entrevista coletiva, orgulhoso por ter conseguido cumprir o programa mesmo com a pandemia: "Perseveramos, protegemos esta missão, porque ela é muito importante."

O lançamento será às 11h50 GMT de quinta-feira, em Cabo Cañaveral, Flórida, por meio de um foguete Atlas V da United Launch Alliance. "Nunca pensei que um diretor de lançamento pudesse trabalhar de casa, mas isso é o que tenho feito há cinco meses", comentou Omar Baetz, chefe de lançamento da agência espacial americana.

A missão, idealizada em 2012 e batizada de "Marte 2020", tentará descobrir se aquele planeta foi habitado. "É a primeira vez na História que a Nasa dedica uma missão ao que se chama de astrobiologia: a busca por vida, talvez pela vida atual, ou pela vida antiga em outro mundo", assinalou Jim Bridenstine.

O Perseverance, uma versão aperfeiçoada do robô Curiosity, que se encontra em Marte desde 2012, irá analisar as rochas marcianas usando os instrumentos que carrega, desenhados por pesquisadores da França e Espanha. Mas o mais importante é que ele irá colher amostras de rochas, que deixará dentro de tubos selados na superfície para que sejam recuperadas por uma futura missão e trazidas para a Terra em 2031.

Apenas americanos conseguiram pousar robôs intactos em Marte: quatro landers e quatro exploradores rovers - Pathfinder, Spirit, Opportunity e Curiosity, o único que permanece em funcionamento.

No ano que vem, a China tentará pousar um robô em Marte pela primeira vez, na missão Tianwen-1, lançada na semana passada. Um explorador de quatro rodas chinês deverá chegar àquele planeta em maio de 2021.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.