Navigation

Nasa confirma morte do robô Opportunity e encerra missão

Imagem da Opportunity cedida pela Nasa em 31 de agosto de 2018 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 13. fevereiro 2019 - 20:25
(AFP)

A Nasa confirmou nesta quarta-feira (13) oficialmente a morte do robô Opportunity, que desenvolvia a missão em Marte desde 2004, mas que deixou de se comunicar com a Terra desde junho de 2018.

"Declaro terminada a missão Opportunity", afirmou o chefe científico da agência espacial americana, Thomas Zurbuchen, em uma entrevista coletiva em Pasadena, Califórnia.

"É uma celebração", disse imediatamente depois o administrador da NASA, Jim Bridenstine, referindo-se à duração e sua contribuição ao conhecimento sobre a história de Marte.

O chefe do programa, John Callas, explicou que a missão estava inicialmente programada para durar apenas três meses. Os engenheiros sabiam que um dia chegaria ao fim, "mas não imaginávamos que demoraria tanto", disse.

"Embora seja uma máquina, é difícil dizer adeus, é doloroso", admitiu Callas.

O Opportunity deixou de dar sinais quando uma longa tempestade de poeira ofuscou a atmosfera marciana e impediu que os raios solares recarregassem suas baterias.

Durante oito meses, a Nasa enviou mais de mil mensagens e ordens para tentar acordar o robô e a última tentativa foi feita na noite de terça-feira.

"Não ouvimos nada como resposta, sendo assim é hora de dizer adeus", admitiu Callas.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.