Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Foto divulgada pela guarda costeira do Japão em 23 de julho de 2014 mostra ilha que se formou em novembro graças a erupções vulcânicas no arquipélago de Ogasawara

(afp_tickers)

Uma ilha que se formou em novembro graças a erupções vulcânicas, cerca de mil quilômetros ao sul de Tóquio, continua crescendo, segundo imagens exibidas esta semana pelas autoridades japonesas.

Quando surgiu, a nova ilha era circular, com cerca de 200 metros de extensão. Poucos dias depois, ganhou forma alongada, de 400 metros de comprimento por 200 de largura, e logo se uniu à ilha inabitada de Nishinoshima.

De acordo com um alto funcionário do serviço da guarda costeira, citado pela emissora de TV pública NHK, o conjunto de 1.550 metros de leste a oeste e 1.350 metros de norte a sul pode crescer ainda mais.

AFP