Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Detalhe de uma pipeta com "Aedes aegypti"

(afp_tickers)

O grupo farmacêutico suíço Novartis anunciou nesta quinta-feira resultados promissores para um novo tratamento contra a malária, atualmente em fase de testes, chamado KAE609.

O Novartis publicou no New England Journal of Medicine resultados que mostram que o KAE609 "faz desaparecer rapidamente o parasita nos pacientes com malária 'Plasmodium falciparum' (P. falciparum) e 'Plasmodium vivax' (P. vivax) sem complicações".

O Novartis está desenvolvendo dois novos tratamentos contra a malária, uma doença que mata anualmente mais de 600.000 pessoas, a maioria crianças africanas.

Estes tratamentos, chamados KAE609 e KAF156, tratam a malária de uma forma diferente dos tratamentos atuais.

"O Novartis se comprometeu em longo prazo com a luta contra a malária, e nós estamos decididos a continuar a busca e o desenvolvimento de novos medicamentos com vistas a eliminar essa doença algum dia", declarou o diretor-geral do laboratório, Joseph Jimenez.

Thierry Diagana, encarregado do Instituto Novartis para doenças tropicais, considerou que "o KAE609 é um medicamento que realmente pode mudar a situação na luta contra a malária".

O Novartis deu ao KAE609 o estatuto de projeto prioritário, devido a seu potencial único de administração sob a forma de associação medicamentosa de dose única, acrescentou.

AFP