Navigation

Novavax anuncia que sua vacina é altamente eficaz contra casos graves de covid

Um voluntário recebe uma injeção durante um ensaio clínico da vacina contra covid-19 da Novavax afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 11. março 2021 - 23:11
(AFP)

A vacina contra covid-19 da empresa de biotecnologia americana Novavax demonstrou ser 100% protetora contra casos graves da doença, incluindo hospitalização e morte, disse a empresa nesta quinta-feira (11) após seus testes.

Porém, sua eficácia contra a variante sul-africana caiu bastante quando incluídos casos leves e moderados, mostraram os estudos.

Os resultados anunciados nesta quinta são das análises finais, após a divulgação de resultados provisórios no final de janeiro.

Em um ensaio de fase 3 no Reino Unido que incluiu 15 mil participantes com idades entre 18 e 84 anos, incluindo 27% com mais de 65, foi identificada uma eficácia de 96,4% contra a doença em suas formas leve, moderada e grave no caso da cepa original.

Essa cifra caiu para 89,7% com a inclusão de pessoas infectadas com a variante B.1.1.7, que mostrou ser mais transmissível e causar um adoecimento mais severo.

Na África do Sul, um estudo menor de fase 2b com cerca de 2.600 pessoas descobriu que o imunizante era 48,6% eficaz, embora o número subisse para 55,4% entre os voluntários negativos para HIV.

Em ambos os testes, a vacina conhecida como NVX-CoV2373 demonstrou 100% de proteção contra a doença grave.

Ao contrário das vacinas da Pfizer, Moderna e AstraZeneca, que entregam as instruções genéticas que fazem as células humanas criarem uma proteína chave do vírus, a da Novavax injeta versões sintéticas dessas proteínas diretamente no corpo para evocar uma resposta imunológica.

A empresa com sede em Maryland disse que espera solicitar a aprovação britânica de sua vacina anticovid no início do segundo trimestre de 2021, e logo depois fazer o mesmo nos Estados Unidos.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?