Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Pierre Krahenbuhl, chefe da UNRWA, inspeciona escola da agência atingida por ataque israelense, em 14 de julho de 2014.

(afp_tickers)

Os palestinos da Faixa de Gaza estão à beira do precipício, alertou nesta quinta-feira o chefe da agência das Nações Unidas para ajuda aos refugiados palestinos (UNRWA), Pierre Krahenbuhl, ante o Conselho de Segurança da ONU.

"Acho que a população está à beira de um precipício e peço à comunidade internacional que tome medidas necessárias para enfrentar esta situação extrema", declarou em videoconferência em Gaza.

Os bombardeios israelenses na manhã desta quinta-feira provocaram a morte de sete pessoas, e por isso do lado palestino os números do conflito, que entrou em seu 24º dua, chegam a 1.374 mortos e 7.700 feridos.

A grande maioria das vítimas fatais são civis e entre eles figuram mais de 245 crianças, segundo os serviços de emergência palestinos e a Unicef.

AFP