Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Agricultor israelense apaga um incêndio provocado pela queda de um foguete lançado da Faixa de Gaza, em Ashkelon

(afp_tickers)

A Agência da ONU para os Refugiados Palestinos (UNRWA) lamentou nesta terça-feira a destruição em massa de casas na Faixa de Gaza, passados oito dias da ofensiva israelense contra este território palestino.

"O nível das perdas humanas e destruição de casas é realmente enorme", declarou um porta-voz da UNRWA, Sami Mshasha, durante coletiva em Genebra.

"Segundo nossos números, falamos de 174 mortos e mais de 1.100 feridos. Essas cifras vão aumentar, aumentam a cada hora", acrescentou.

"Um grande número de mortos é de mulheres e crianças", disse ainda.

Por outro lado, 560 casas foram totalmente destruídas e milhares de prédios, alguns públicos, sofreram danos.

Além disso, 47 instalações da UNRWA também foram atingidas.

O porta-voz indicou também que 17.000 pessoas se refugiaram em 20 escolas da UNRWA, e por isso pediu que as partes em conflito respeitem as infraestruturas da ONU.

AFP