Navigation

ONU lamenta mortes e destruições em Gaza

Agricultor israelense apaga um incêndio provocado pela queda de um foguete lançado da Faixa de Gaza, em Ashkelon afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 15. julho 2014 - 13:47
(AFP)

A Agência da ONU para os Refugiados Palestinos (UNRWA) lamentou nesta terça-feira a destruição em massa de casas na Faixa de Gaza, passados oito dias da ofensiva israelense contra este território palestino.

"O nível das perdas humanas e destruição de casas é realmente enorme", declarou um porta-voz da UNRWA, Sami Mshasha, durante coletiva em Genebra.

"Segundo nossos números, falamos de 174 mortos e mais de 1.100 feridos. Essas cifras vão aumentar, aumentam a cada hora", acrescentou.

"Um grande número de mortos é de mulheres e crianças", disse ainda.

Por outro lado, 560 casas foram totalmente destruídas e milhares de prédios, alguns públicos, sofreram danos.

Além disso, 47 instalações da UNRWA também foram atingidas.

O porta-voz indicou também que 17.000 pessoas se refugiaram em 20 escolas da UNRWA, e por isso pediu que as partes em conflito respeitem as infraestruturas da ONU.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?