Navigation

Pai da web lança iniciativa mundial contra mau uso da internet

(Arquivo) O criador da World Wide Web, Tim Berners-Lee afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 25. novembro 2019 - 01:05
(AFP)

O criador da World Wide Web, Tim Berners-Lee, anunciou nesta segunda-feira, horário local, uma iniciativa global contra o mau uso da internet, apoiada por grupos como Microsoft e Google e governos como os da França e Alemanha.

Mais de 150 organizações, incluindo o Facebook, e milhares de particulares se uniram a este plano de ação, que fixou como meta "deter os abusos crescentes na rede", afirma a fundação do britânico em um comunicado divulgado em Berlim por ocasião de um fórum de governança da internet.

Trata-se de um "plano de ação para construir uma internet melhor", estimou Tim Berners-Lee, citado no comunicado. "Os governos devem reforçar as leis e a regulamentação do mundo digital. Os grupos devem fazer mais para garantir que a busca pelo lucro não aconteça às custas dos direitos humanos e da democracia."

Os cidadãos devem proteger seus dados e "fomentar conversas equilibradas", assinalou Berners-Lee, referindo-se à perseguição na rede.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.