Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Papa Francisco

(afp_tickers)

O Papa Francisco não assistiu à final da Copa do Mundo do Brasil, na qual 'sua' Argentina perdeu para a Alemanha por 1-0 na prorrogação, por uma "questão de neutralidade", informou o chefe de cerimonial do Vaticano a uma rádio argentina.

"O papa estava aguardando os resultados do Mundial, mas disse que não assistira (a final) por uma questão de neutralidade", afirmou Guillermo Karcher.

Francisco, que foi arcebispo de Buenos Aires, acompanha futebol desde a infância e é torcedor do San Lorenzo de Almagro.

"Nós o informávamos passo a passo. Estamos contentes e seguimos apoiando a seleção", completou Karcher.

Jorge Bergoglio permaneceu neutro no sábado, véspera da final, e em sua conta no Twitter destacou que a Copa do Mundo do Brasil demonstrou a importância do diálogo entre diferentes culturas.

"Os Mundiais realizam o encontro de pessoas de várias nações e religiões. Que o esporte promova sempre a cultura do encontro", escreveu o papa em um tuíte em várias línguas em sua conta oficial, @pontifex.

Milhares de pessoas receberam no aeroporto a seleção da Argentina para agradecer pelo vice-campeonato na Copa do Mundo. Na noite de domingo, incidentes violentos em Buenos Aires terminaram com 120 detidos e 70 feridos.

AFP