Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A presidente da Lituânia, Dalia Grybauskaite

(afp_tickers)

O Parlamento europeu aprovou nesta quarta-feira por ampla maioria a entrada na zona do euro da Lituânia, que se converterá em 1º de janeiro no 19º membro do bloco.

A introdução da moeda única nesta república báltica foi aprovada com 545 votos a favor, 116 contra e 34 abstenções.

Em junho, o processo recebeu sucessivamente a luz verde da Comissão Europeia, do Banco Central Europeu (BCE) e dos ministros da Economia da moeda única.

Agora resta a aprovação do conjunto dos Estados membros da União Europeia em 23 de julho.

A Lituânia vê o euro como uma proteção frente à Rússia e uma forma de reforçar seu peso político na Europa.

A Lituânia tem três milhões de habitantes e é membro da União Europeia (UE) desde 2004. Os dois vizinhos bálticos, Estônia e Letônia, adotaram a moeda única em 2011 e em 2014 respectivamente.

AFP