Navigation

Paulo Guedes diz que Bolsonaro tem 'colhões' para controlar gasto público

O ministro da Economia, Paulo Guedes, em discurso na Câmara de Comércio dos Estados Unidos, em Washington, no dia 18 de março de 2019. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 19. março 2019 - 01:17
(AFP)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou nesta segunda-feira que o presidente Jair Bolsonaro é "um rapaz com colhões" para controlar o gasto público e fazer a reforma da Previdência.

Discursando em inglês, Guedes utilizou o termo "balls", provocando risos na plateia da Câmara de Comércio dos EUA, que aplaudiu suas promessas de abertura comercial e simplificação tributária.

Paulo Guedes tem um ambicioso projeto para reduzir o gasto público, cujo principal eixo é a reforma da Previdência, que terá um difícil caminho pelo Congresso sobre a forma de proposta de emenda constitucional (PEC).

Bolsonaro chegou a Washington na tarde de domingo, em sua primeira viagem oficial ao exterior desde que assumiu o poder, no dia 1º de janeiro, em uma viagem que busca selar uma nascente aliança conservadora.

Nesta terça-feira, Bolsonaro se reunirá com Donald Trump na Casa Branca, em um encontro focado na crise da Venezuela, mas o governo brasileiro também vai levantar o tema da entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômicos (OCDE).

"Por favor, nos ajudem a entrar na OCDE. Estas são as grandes ligas", disse Paulo Guedes.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.