Navigation

Pedofilia na Igreja australiana é o dobro do estimado pelo Papa, afirma grupo católico

Papa Francisco afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 15. julho 2014 - 12:03
(AFP)

Um órgão católico australiano encarregado de combater a pedofilia na Igreja afirmou nesta terça-feira que o número de sacerdotes pedófilos no país foi historicamente de 4%, o dobro do que o Papa Francisco estimou, segundo o jornal italiano La Repubblica.

O jornal italiano publicou no domingo uma entrevista do santo padre na qual ele dizia que, "segundo números contrastados, a porcentagem de pedófilos na Igreja é de 2% (...) Estes 2% incluem sacerdotes e inclusive bispos e cardeais".

Pouco depois, o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, afirmou que os números não correspondem com o que o Papa quis dizer em sua entrevista a Eugenio Scalfari, o fundador do La Repubblica.

Francis Sullivan, chefe do Conselho para a Verdade, a Justiça e a Reparação, declarou que esta porcentagem foi historicamente maior na Austrália.

O conselho está compilando uma base de dados sobre abusos sexuais cometidos por religiosos na Austrália que remonta a 1940. Segundo os dados preliminares, a porcentagem de padres que abusaram de crianças foi de 4% na ilha-continente, segundo Sullivan.

"Até o momento temos números muito mais altos do que o Papa disse na imprensa", declarou Sullivan à AFP.

O funcionário insistiu que a estimativa é um cálculo histórico, e que isso "não significa que no clero atual existam 4% de culpados de abusos sexuais de crianças".

O conselho espera concluir a base de dados em nível nacional no fim do ano.

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?

Boletim de Notícias
Não foi possível salvar sua assinatura. Por favor, tente novamente.
Quase terminado… Nós precisamos confirmar o seu endereço e-mail. Para finalizar o processo de inscrição, clique por favor no link do e-mail enviado por nós há pouco

Leia nossas mais interessantes reportagens da semana

Assine agora e receba gratuitamente nossas melhores reportagens em sua caixa de correio eletrônico.

A política de privacidade da SRG SSR oferece informações adicionais sobre o processamento de dados.