Navigation

Pelé retorna ao Brasil após internação na França

Pelé desembarca no Aeroporto Internacional de Guarulhos afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 09. abril 2019 - 11:40
(AFP)

O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

"Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Viva o Brasil", declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, "que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência", informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.