Navigation

Peru prorroga confinamento em várias regiões até 28 de fevereiro

Médicos e enfermeiros peruanos esperam receber a primeira dose da vacina contra covid-19 em Lima, em 9 de fevereiro de 2021 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. fevereiro 2021 - 23:18
(AFP)

O governo peruano estendeu nesta quarta-feira até 28 de fevereiro a quarentena obrigatória em Lima e outras regiões onde as infecções por covid-19 continuam aumentando.

"Decidimos prorrogar por 14 dias as medidas de confinamento", anunciou a chefe de Gabinete, Violeta Bermúdez, ao final de uma reunião do Conselho de Ministros.

A quarentena em Lima e em outras nove regiões do país começou no dia 1º de fevereiro e duraria até o dia 14. No entanto, o governo optou por prolongá-la, porque "a situação de risco extremo continua" em várias áreas, disse Bermúdez.

O confinamento visa reduzir as infecções por covid-19, que passaram de 1.688 por dia em média no final de dezembro para 6.923 na última semana.

A restrição inclui metade dos 33 milhões de peruanos, mas o número será ligeiramente reduzido na segunda-feira, já que em algumas províncias o confinamento vai acabar devido à diminuição das infecções, explicou Bermúdez.

Bermúdez afirmou ainda que durante o confinamento o número de passageiros nos ônibus públicos de Lima caiu 37%, mas "persistem as aglomerações de pessoas", o que contribui para novas infecções.

A quarentena destinada a conter a segunda onda da pandemia foi um duro golpe para os restaurantes. Agora, eles só podem vender para entrega em domicílio e retirada no local.

O Peru acumula mais de 1,2 milhão de casos de coronavírus e 42.000 mortes.

Com a segunda onda, que estourou no final de dezembro, os hospitais peruanos ficaram saturados, com mais de 13.800 pacientes com covid-19, em meio a uma aguda escassez de oxigênio medicinal.

A ministra da Saúde, Pilar Mazzetti, disse que 20% da demanda de oxigênio continua insatisfeita.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.