Navigation

Peru supera 700.000 casos de coronavírus

Profissional da saúde em um hospital de Lima, 31 de agosto de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 09. setembro 2020 - 23:39
(AFP)

O Peru superou nesta quarta-feira (9) a marca de 700.000 casos de coronavírus, coincidindo com o início dos testes de uma possível vacina chinesa em voluntários peruanos, informou o Ministério da Saúde.

O total de contágios subiu para 702.776, com 6.586 novos casos nas últimas 24 horas, enquanto os óbitos chegaram a 30.236, com 113 novas mortes, número mais baixo desde 8 de junho, de acordo com balanço divulgado pelo governo.

Os novos números foram revelados em meio a uma queda de contaminações e óbitos: em setembro, os novos casos caíram em média 20% e as mortes 30%, em relação ao mesmo período de agosto.

"Temos que seguir trabalhando, o vírus não foi embora, temos que manter a responsabilidade para continuar com essa tendência de queda", declarou o presidente do Peru, Martín Vizcarra, em coletiva de imprensa.

A fase de testes com uma possível vacina chinesa contra a covid-19 começou nesta quarta-feira no Peru, onde será aplicada em 6.000 voluntários.

Com 33 milhões de habitantes, o Peru é o terceiro país da América Latina em número de óbitos pela pandemia, atrás apenas de Brasil e México, e o segundo em contágios, atrás do Brasil.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.