Navigation

Pistorius vende casa para pagar gastos de defesa em julgamento por assassinato

A polícia sul-africana na casa do atleta Oscar Pistorius em Pretória no dia 14 de fevereiro de 2013 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 01. agosto 2014 - 11:02
(AFP)

A casa de Pretória onde o campeão paralímpico sul-africano Oscar Pistorius matou sua namorada, Reeva Steenkamp, em 2013, foi vendida por 4,5 milhões de rands (420.000 dólares), uma soma inferior à esperada, anunciou nesta sexta-feira a agência imobiliária encarregada da venda.

Pistorius esperava vendê-la por cinco milhões de rands (465.000 dólares), declarou à AFP Ansie Louw, a responsável pela venda da casa, situada em um bairro de luxo de Pretória.

Seu comprador, o consultor em mineração Louwtjie Louwrens, fez um bom negócio, já que em 2011 estava avaliada em seis milhões de rands, indicaram especialistas.

Pistorius precisou vender a casa para poder pagar os advogados que o defendem no julgamento pelo assassinato de sua namorada.

O julgamento deve, a princípio, ser retomado na próxima semana.

Pistorius, que se declara inocente da acusação de assassinato, pode ser condenado a 25 anos de prisão.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo