Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

As imagens são divulgadas dez dias antes da desmontagem do navio, que naufragou em janeiro de 2012 perto da ilha italiana de Giglio e provocou a morte de 32 pessoas.

(afp_tickers)

Sofás que apodrecem, uma tela de televisão gigante, um vaso de flores de plástico que permaneceu em sua base: a polícia italiana exibiu imagens marcantes do interior do navio de cruzeiro Costa Concordia.

As imagens são divulgadas dez dias antes da desmontagem do navio, que naufragou em janeiro de 2012 perto da ilha italiana de Giglio e provocou a morte de 32 pessoas.

Esta filmagem realizada por mergulhadores da polícia também mostram as majestosas colunas de uma perfumaria, um hall de recepção com seus computadores, um átrio pintado em azul e verde, com pinturas de resorts e barcos brancos sobre a água -uma sala que está agora acima da superfície após a recuperação do navio.

Livros, travesseiros e outros objetos espalhados ao longo dos pavimentos do navio duas vezes maior que o Titanic. Um cofre para coletes salva-vidas jaz escancarado e vazio.

O Concordia será desmantelado em Gênova. O desencalhe deve começar em meados de julho. A última viagem de Concordia deve durar quatro dias.

O Costa Cruzeiros (grupo americano Carnival) apresentou um projeto detalhado que envolve o reboque do navio por 280 km e o seu desmanche em Gênova.

AFP