Navigation

Preço de exames de detecção de HIV reduzido à metade para 135 países

Os exames de HIV são ferramentas cruciais afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 28. abril 2021 - 09:07
(AFP)

Os países de baixa renda terão acesso facilitado a exames de detecção do vírus que provoca a aids, graças a uma redução do preço à metade, a menos de dois dólares a unidade, anunciou nesta quarta-feira a Unitaid.

"O acesso aos exames de autodiagnóstico é um fator chave para alcançar o objetivo mundial de que 90% das pessoas infectadas pelo HIV conheçam seu estado sorológico", afirmou a organização internacional, ao destacar que o índice subiu de 45% a 81% nos últimos seis anos.

Graças a um acordo com a Viatris, por meio de sua subsidiária Mylan, os testes de diagnóstico de HIV que funcionam com uma amostra de sangue serão disponibilizados para 135 países por menos de dois dólares a unidade, disse Hervé Verhoosel, porta-voz da Unitaid em Genebra.

Conhecer o diagnóstico o mais rápido possível permite proteger outras pessoas e solicitar tratamento. O objetivo do acordo é permitir que oito milhões de pessoas saibam seu status sorológico.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?