Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Netanyahu rejeitou cortar o fornecimento de energia elétrica à Faixa de Gaza, que depende de Israel, como exigiam alguns integrantes de seu governo e deputados de direita e extrema-direita.

(afp_tickers)

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta quinta-feira que o cessar-fogo com o movimento islamita Hamas não está na ordem do dia, informou o jornal Haaretz.

"Não falamos com ninguém de um cessar-fogo no momento. Não está na ordem do dia", declarou o primeiro-ministro durante uma reunião da comissão parlamentar das Relações Exteriores e da Defesa.

Netanyahu rejeitou, no entanto, cortar o fornecimento de energia elétrica à Faixa de Gaza, que depende de Israel, como exigiam alguns integrantes de seu governo e deputados de direita e extrema-direita.

"Não podemos atuar como a Rússia na Chechênia", disse o primeiro-ministro, segundo o jornal.

A reunião da comissão aconteceu excepcionalmente no ministério da Defesa em Tel Aviv, ao invés do Parlamento em Jerusalém.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP