Navigation

Skiplink navigation

Presidente eleito da Argentina conversou com Macron sobre América Latina

O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernandez, oferece uma coletiva de imprensa durante sua visita ao México, no Palácio Nacional da Cidade do México afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 09. novembro 2019 - 14:35
(AFP)

O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, teve uma conversa telefônica com o mandatário francês, Emmanuel Macron, na qual falou sobre a situação da América Latina, segundo ele mesmo afirmou neste sábado em uma reunião do Grupo de Puebla em Buenos Aires.

"Tive uma conversa esplêndida com Macron. Falamos do Lula, do Chile, da Bolívia, da Venezuela", disse Fernández, ao abrir a reunião do grupo de dirigentes progressistas latino-americanos.

"Senti que Macron me entendia. Disse a ele que com Lula livre sopram novos ventos no Brasil", indicou Fernández, em uma alusão aos atritos que o presidente francês teve com Jair Bolsonaro.

Fernández assumirá a presidência da Argentina em 10 de dezembro, com Cristina Kirchner como vice-presidente.

O presidente eleito não disse se convidou Macron a sua posse.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo