Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O primeiro-minitro da Espanha, Mariano Rajoy, e o presidente da Catalunha, Artur Mas, antes de reunião, em Madri.

(afp_tickers)

O presidente regional da Catalunha, Artur Mas, reiterou nesta quarta-feira a sua decisão de realizar um referendo de autodeterminação da região em novembro, após reunir-se com o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, que considera esta consulta ilegal.

"Minha mensagem foi exatamente a mesmo que há um ano, estamos determinados a seguir em frente" e "queremos fazer esta consulta no enquadramento legal e, se possível, de acordo com o Estado", disse Mas.

No entanto, "a conclusão por parte do Estado é que não há nenhuma proposta alternativa a não ser dizer que tal referendo é ilegal", ressaltou.

AFP