Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Soldados levam o corpo de uma das vítimas até um dos aviões militares, durante uma cerimônia no aeroporto de Kharkov

(afp_tickers)

Os dois aviões transportando os primeiros restos mortais das vítimas do voo da Malaysia Airlines MH17, que caiu na semana passada no leste da Ucrânia, chegaram nesta quarta-feira no aeroporto de Eindhoven, no sul da Holanda, observou AFP.

Familiares e amigos das vítimas, o rei e a rainha da Holanda e o primeiro-ministro Mark Rutte se encontravam na pista de pouso para assistir a chegada do aparelho do exército holandês que transportava 16 caixões e do avião australiano com 24 corpos.

Seis dias depois da catástrofe que deixou 298 mortos em uma zona controlada pelos separatistas pró-russos do leste da Ucrânia, muitos corpos ainda podem estar no local onde o avião caiu, segundo o primeiro-ministro australiano, Tony Abbott.

AFP