Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente russo Vladimir Putin durante uma reunião no Kremlin em 9 de julho

(afp_tickers)

O presidente russo, Vladimir Putin, chamou de "hipocrisia" a vigilância eletrônica dos Estados Unidos e anunciou que deseja desenvolver um sistema para garantir a segurança da informação.

"A ciberespionagem não é apenas uma demonstração da hipocrisia manifesta entre aliados e sócios, mas também um ataque direto à soberania e uma violação dos direitos humanos, uma invasão da vida privada", disse Putin à agência de notícias Itar-Tass.

"Estou disposto a desenvolver conjuntamente um sistema que garanta a segurança da informação internacional", completou, um dia antes de uma viagem à América Latina.

Em 2013, as revelações de Edward Snowden, ex-funcionário do serviço de inteligência do governo americano, destacaram um vasto programa de ciberespionagem dos Estados Unidos em todo o mundo.

AFP