Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Palestino retira criança de casa que foi atingida por ataque israelense em Rafah, ao sul da Faixa de Gaza

(afp_tickers)

A ofensiva militar israelense na Faixa de Gaza, iniciada em 8 de julho, provocou a morte de pelo menos 296 crianças e adolescentes palestinos, anunciou o Unicef.

"As crianças representam 30% das vítimas civis", afirma o Fundo das Nações Unidas para a Infância.

"O número de crianças mortas nas últimas 48 horas pode aumentar, após uma série de verificações que estão sendo feitas", afirma o Unicef.

Os dados ainda não são definitivos.

Segundo a informação que o Unicef possui atualmente, "entre 8 de julho e 2 de agosto foram registradas as morte de pelo menos de 296 crianças palestinas".

Mais de 1.650 palestinos, em sua ampla maioria civis, morreram em consequência da ofensiva israelense.

O Estado de Israel acusa o movimento islamita palestino Hamas, que controla Gaza, de usar a população como "escudo humano".

AFP