Navigation

Rússia registra segunda vacina contra o coronavírus e bate novo recorde de casos

O presidente russo, Vladimir Putin afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 14. outubro 2020 - 16:13
(AFP)

A Rússia registrou sua segunda vacina contra o coronavírus, uma etapa que no país precede a fase final de testes clínicos, anunciou nesta quarta-feira (14) o presidente Vladimir Putin, enquanto o número de infecções diárias bateu um novo recorde.

O laboratório Vektor, na Sibéria, "registrou hoje a segunda vacina contra o coronavírus, chamada EpiVacCorona", disse Putin em uma reunião ministerial por videoconferência.

A vacina tem um "nível de segurança suficientemente alto", declarou a vice-primeira-ministra russa responsável pela saúde, Tatiana Golikova, nesta reunião.

A vacina irá agora para a fase final de testes, que envolverá 40.000 voluntários, acrescentou.

O laboratório Vektor, localizado na região de Novosibirsk, conduziu pesquisas secretas sobre armas biológicas durante o período soviético e contém amostras de vários vírus, desde a varíola até o ebola.

A Rússia registrou em agosto sua primeira vacina contra o coronavírus, desenvolvida pelo centro de pesquisas Gamaleia junto ao ministério da Defesa.

A primeira vacina russa contra o coronavírus, a Sputnik V, em referência ao satélite soviético, foi vista com ceticismo no mundo, principalmente porque não havia chegado à fase final dos testes no momento de seu anúncio com grande pompa pelas autoridades.

No entanto, grande parte da elite política russa afirma que foi vacinada com a Sputnik V, e Vladimir Putin citou o exemplo de uma de suas filhas.

O governo espera distribuí-la em massa no país antes do final do ano.

A Rússia experimenta um grande ressurgimento da epidemia nas últimas semanas, com 14.231 novos casos em 24 horas anunciados nesta quarta-feira, um recorde desde o início da crise.

Na terça-feira, o país registrou um número recorde de mortos, de 244, em 24 horas.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.