Navigation

Rei Felipe VI defende 'colaboração sincera' com a Catalunha

Forças armadas da Espanha e guarda civil fazem desfile diante do rei Felié VI e da rainha Letizia, em cerimônia no palácio do Oriente, em Madri, em 25 de junho de 2014 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 26. junho 2014 - 19:18
(AFP)

Felipe VI defendeu nesta quinta-feira na Catalunha uma colaboração para alcançar metas coletivas, durante sua primeira visita como rei da Espanha a uma região que confronta o governo de Madri por suas aspirações separatistas.

"A colaboração sincera e generosa é o melhor caminho para alcançar as legítimas aspirações de cada pessoa e, também, para conseguir grandes metas coletivas em benefício do bem comum e do interesse geral", afirmou o rei durante uma entrega de prêmios a jovens empreededores na cidade catalã de Girona.

Em sua primeira viagem desde sua proclamação em 19 de junho, Felipe, junto à rainha Letizia, conhece muito bem a região por suas frequentes visitas nos últimos anos, mas agora ela se apresenta como a prova de fogo para seu reinado devido ao desafio separatista do governo nacionalista local.

O principal ausente da cerimônia foi o presidente regional catalão, Artur Mas, que acertou com outras formações nacionalistas a realização, em 9 de novembro, de um referendo de autodeterminação.

No entanto, está previsto que Mas encontre o monarca em um jantar particular posterior.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.