Navigation

Sobe para 61 o número de mortos em novo surto de ebola na RDC

Doentes tratados na província de Kivu Norte afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 23. agosto 2018 - 12:10
(AFP)

Sessenta e uma pessoas morreram por causa do novo surto de ebola na República Democrática do Congo (RDC), informaram as autoridades do país, que anunciaram o uso de quatro novas moléculas para tratar a epidemia.

As autoridades sanitárias detectaram 103 casos de ebola, 76 deles confirmados por estudos científicos e 27 casos prováveis.

Segundo a Direção Geral da Luta contra a Doença, ao menos 61 pessoas morreram durante as últimas semanas.

O ministério da Saúde também anunciou que foi aprovado o uso de quatro moléculas terapêuticas experimentais, cujos nomes científicos são ZMapp, Remdesivir, Favipiravir e Regn3450 – 3471 – 3479.

Em 1o. de agosto passado foi detectado um novo surto de ebola nas províncias de Kivu Norte e Ituri, leste do país. Trata-se do décimo surto dessa epidemia que afeta a RDC desde 1976.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.