Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente Michel Temer discursa no Palácio do Planalto em Brasília, em 1 de junho de 2018

(afp_tickers)

O presidente Michel Temer convocou os brasileiros nesta quinta-feira a torcer unidos pela "seleção" na Copa do Mundo da Rússia, em meio ao desinteresse motivado pela crise política e pela eliminação vexatória no Mundial de 2014.

"Somos mais de 200 milhões de corações pulsando, batendo forte por nosso país. Vamos todos torcer pela nossa seleção. É hora de acreditar na força da camisa verde e amarela", escreveu o presidente no Twitter.

"O Brasil sempre é favorito. Jogadores unidos formam um time fortíssimo. A partir de agora, desaparecem todas as diferenças, prevalece nossa alma verde e amarela. E todos nós estaremos juntos na mesma torcida, na mesma fé na vitória de nosso país", declarou Temer.

Preocupados com as dificuldades diárias e com a situação do país, mais da metade da população brasileira não está interessada na Copa da Rússia, apesar do favoritismo da seleção brasileira.

O Brasil inicia sua participação no Mundial no próximo domingo, contra a Suíça, no Grupo E do torneio, em busca do hexacampeonato.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP