Navigation

Tempo de incubação do novo coronavírus é de cinco dias, em média, diz estudo

Funcionários de um hotel de Wuhan, na China, em 28 de janeiro de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 30. janeiro 2020 - 00:43
(AFP)

O período de incubação do novo coronavírus que surgiu em Wuhan, no centro da China, é de 5,2 dias, em média, embora possa ter variações de paciente para paciente, descobriram pesquisadores chineses em um dos maiores estudos publicados até agora sobre a epidemia.

A estimativa de caráter preliminar e "imprecisa", passível de grande variação, justifica "um período de observação ou de quarenta de 14 dias para as pessoas expostas" ao vírus, escreveram os pesquisadores das autoridades chinesas neste estudo, que foi publicado pela revista médica americana New England Journal of Medicine (NEJM).

Em um boletim divulgado na segunda-feira, a Organização Mundial da Saúde menciona um período de 2 e 20 dias para o aparecimento dos sintomas, caracterizados por febre, tosse e dificuldade respiratória aguda.

A estimativa do período de incubação do 2019-nCoV foi realizada a partir de 10 pacientes, mas os cientistas estudaram os primeiros 425 afetados para estabelecer as características básicas da epidemia, dos quais a metade tinham 60 anos ou mais. Nenhum destes pacientes tinha menos de 15 anos.

A epidemia do novo coronavírus deixou mais de cem mortos e 4.500 afetados no gigante asiático. A OMS considera a ameaça "alta", sem ativar ainda um alerta de saúde internacional.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.