Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Turistas esperam no saguão de hotel em Oaxaca, no México, depois de terremoto atingir o país.

(afp_tickers)

Um terremoto de magnitude 6,3 atingiu na madrugada desta terça-feira a costa leste do México, causando a morte de uma mulher em Oaxaca (sul), informou o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS).

O USGS informou que o terremoto ocorreu às 10h46 GMT (07h46 de Brasília) a 95 km de profundidade.

Por sua vez, o Serviço Sismológico mexicano revisou sua primeira medição de 6,7 a 6,4 graus, e declarou que o tremor teve seu epicentro 46 km a sudoeste de Isla, no sul do estado mexicano de Veracruz (leste).

O governador de Oaxaca afirmou através do Twitter que o terremoto foi sentido em sua região, enquanto uma repórter da AFP constatou que alguns hotéis foram evacuados como medida preventiva.

A vítima fatal foi uma senhora de 75 anos, que morreu ao tentar sair de sua casa, segundo a Defesa Civil.

O terremoto também foi sentido na superpovoada Cidade do México, acordando muitos de seus habitantes.

"A menina começou a chorar, e quando me levantei vi que estava tremendo, porque o móbile (sobre seu berço) se movia sozinho", declarou à AFP Rosalinda González, uma secretária de 38 anos, enquanto saía de pijamas de seu apartamento em uma região central da capital.

O prefeito da capital, Miguel Ángel Mancera, afirmou através do Twitter que "conclui protocolo de revisão, são observados alguns desalojamentos, até o momento não há danos ou feridos".

AFP