Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Boeing 737-800 da Turkish Airlines decola em Berlim, em 18 de abril de 2007

(afp_tickers)

A companhia aérea Turkish Airlines suspendeu temporariamente seus voos diretos a Tel Aviv por razões de segurança depois que um foguete caiu perto do aeroporto da cidade israelense, anunciou um porta-voz nesta quarta-feira.

"Ontem à noite (terça-feira) decidimos cancelar os voos a Tel Aviv durante 24 horas por razões de segurança", declarou à AFP este porta-voz, que não quis se identificar.

As principais companhias aéreas de Estados Unidos, Canadá e de outros países ocidentais decidiram cancelar seus voos a Tel Aviv após a queda de um foguete lançado de Gaza perto do aeroporto israelense.

Nesta quarta-feira, a companhia aérea jordaniana Royal Jordanian (RJ) também anunciou que suspendia seus voos a Tel Aviv.

A empresa, que opera 20 voos semanais entre Amã e Tel Aviv, não informou quanto tempo durará a suspensão, segundo um comunicado divulgado pela agência Petra.

Jordânia e Israel assinaram um tratado de paz em 1994.

AFP