Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

As reformas foram propostas pelo governo do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, numa aparente tentativa de atrair os votos da minoria curda diante das eleições de agosto.

(afp_tickers)

O parlamento turco aprovou nesta quinta-feira uma lei para retomar as conversações de paz com os rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) ilegal, anunciou a televisão pública.

As reformas propostas pelo governo primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, que aparenta ser uma tentativa de atrair os votos da minoria curda diante das eleições de agosto, concederia imunidade a atores-chave envolvidos nas negociações de paz com o PKK, indicou a TRT.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.









swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP