Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

As tropas de Kiev retomaram a ofensiva militar no leste da Ucrânia após o fim do cessar-fogo unilateral que o presidente Petro Poroshenko não aceitou renovar.

(afp_tickers)

As forças ucranianas que participam na "operação antiterrorista" destruíram uma coluna de cinco caminhões militares Kamaz que transportavam separatistas, anunciou o ministério da Defesa.

A operação aconteceu na quarta-feira à noite ao sul da região de Donetsk, um dos redutos dos separatistas pró-Rússia, segundo o ministério, que não divulgou um balanço.

O ministério informou ainda que rebeldes que estavam em carros civis e agitavam uma bandeira branca abriram fogo na quarta-feira contra um posto de controle do exército, mas "os agressores foram eliminados".

Nesta quinta-feira, a situação na zona de conflito continuava tensa, segundo um comunicado militar, que cita 16 casos de tiros de rebeldes contra postos de controle e outras posições do exército nas últimas 24 horas.

"Os soldados responderam de forma apropriada", completa a nota.

As tropas de Kiev retomaram a ofensiva militar no leste da Ucrânia após o fim do cessar-fogo unilateral que o presidente Petro Poroshenko não aceitou renovar.

Kiev não mudou de posição após a reunião de quarta-feira em Berlim dos ministros das Relações Exteriores ucraniano, russo, alemão e francês, que insistiram na necessidade de novas negociações.

AFP