Navigation

UE reserva 400 milhões de doses de eventual vacina da Johnson & Johnson

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 13. agosto 2020 - 23:10
(AFP)

A Comissão Europeia anunciou nesta quinta-feira que reservou até 400 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 que está sendo desenvolvida pelo laboratório americano Johnson & Johnson.

As conversas entre a Comissão e a empresa concluídas hoje tinham como objetivo estabelecer um princípio de acordo para uma primeira compra de 200 milhões de doses, que poderá ser acompanhada de uma segunda, com um número semelhante de doses, informou a Comissão.

"A vida dos nossos cidadãos e a nossa economia precisam de uma vacina segura e eficaz contra o novo coronavírus. As discussões de hoje nos aproximam deste objetivo", afirmou a presidente da Comissão, Ursula von der Leyen. Autoridades europeias e o laboratório americano ainda devem negociar os termos finais do contrato.

O Executivo europeu "continua com discussões intensas" com outros fabricantes de vacinas, assinalou a Comissão, que já havia anunciado, em julho, ter reservado 300 milhões de doses da vacina em desenvolvimento pelo laboratório francês Sanofi.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.