Navigation

Uruguai define candidatos que disputarão a presidência em outubro

Ativista distribui panfletos em Montevidéu em 28 de junho de 2019 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 30. junho 2019 - 12:43
(AFP)

Um senador de centro-direita, um ex-prefeito de esquerda e um economista liberal disputarão em 27 de outubro a eleição presidencial do Uruguai pelos partidos majoritários, após as votações internas celebradas no domingo.

O senador do opositor Partido Nacional Luis Lacalle Pou, de 45 anos, o ex-prefeito de Montevidéu Daniel Martínez, 62, da governista Frente Ampla, e o economista Ernesto Talvi, 61, do Partido Colorado, venceram as primárias de seus partidos de acordo com as pesquisas de boca de urna.

Os três disputarão o posto de sucessor do presidente Tabaré Vázquez, que entregará o poder no dia 1 de março de 2020.

De acordo com o instituto Equipos Consultores, Lacalle Pou lidera as primárias de seu partido com 55% das votos, à contra 20% do empresário bilionário Juan Sartori e 20% do também senador Jorge Larrañaga.

Na governista Frente Ampla, Martínez tem 40% dos votos, contra 25% do líder sindical comunista e ex-deputado Oscar Andrade, e 23% da ex-ministra da Indústria Carolina Cosse, apoiada pelo ex-presidente José Mujica (2010-2015).

No Partido Colorado, o economista Ernesto Talvi, estreante no cenário político eleitoral, bateu o duas vezes presidente Julio María Sanguinetti (1985-1990 e 1995-2000). Talvi tem 59% dos votos, contra 33% do ex-chefe de Estado.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.