Navigation

Vendas de automóveis recuam na Rússia

Fábrica de automóveis em Moscou afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 08. julho 2014 - 17:41
(AFP)

As vendas de automóveis na Rússia, segundo maior mercado da Europa, depois da Alemanha, registraram forte queda em junho, de -17,3% (-12% em maio), comunicou nesta terça-feira a federação industrial AEB.

Em consequência do recuo, a Association of European Businesses --AEB, referência no setor- revisou para baixo sua previsão para 2014 e antecipou um retrocesso das vendas de automóveis na Rússia para 12% anual, a 2,45 milhões de unidades.

A previsão era de uma queda de somente 1,6%.

Após vários anos de crescimento forte, as vendas de carros na Rússia sofrem uma queda ininterrupta há mais de um ano.

Segundo os especialistas, a queda se deve à desaceleração econômica do país, acentuada com a crise da Ucrânia e pela ameaça de sanções internacionais contra a economia russa.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.