Navigation

Os três elementos químicos que foram descobertos por cientistas suíços

O químico e físico russo Dmitri Mendeleev, inventor da tabela periódica. Royal Society of Chemistry

Gadolínio, hólmio e itérbio: o que significam esses nomes enigmáticos e o que têm em comum? Na semana em que a tabela periódica comemora o 150 aniversário, apresentamos os três elementos descobertos por cientistas suíços.

Este conteúdo foi publicado em 09. março 2019 - 13:30
swissinfo.ch

Em 6 de março de 1869, o químico e físico russo Dmitri Mendeleev apresentou seu sistema de classificação de 63 elementos químicos conhecidos à Sociedade Química da Rússia. Hoje as crianças aprendem na escola que já são 118 elementosLink externo dispostos sistematicamente e ordenados por seus números atômicos, configuração de elétrons e propriedades químicas recorrentes.

Por aproximadamente 50 anos alguns elementos não faziam parte da tabela por duas razões: ou não existiam na pureza necessária ou não podiam ser identificados. Muitos deles eram metais raros, onde estão incluídos os três elementos "suíços".

O suíço Jean-Charles Galissard de Marignac era professor na Universidade de Genebra (entrou em 1873) quando descobriu o "itérbioLink externo" (Yb) em 1878 e o "gadolínioLink externo" em (Gd) em 1880. Ele também calculou de forma acurada o peso atômico de muitos elementos. Pelos seus esforços foi premiado com a prestigiosa medalha "DavyLink externo" em 1886, também agraciada quatro anos antes a Mendeleev.

Em 1878, dois dos estudantes de Marignac - Jacques-Louis Soret e Marc Delafontaine - descobriram o "hólmioLink externo" (Ho). Porém o cientista sueco Per Teodor Cleve os descobriu, isolou e descreveu ao mesmo tempo, apesar de não ter nenhum contato com seus colegas na Suíça.

swissinfo.ch

O que são esses metais raros?

Os três principais produtores dos três elementos raros são China, Rússia e Malásia. As três maiores reservas encontram-se na China, nos países da Comunidade dos Estados Independentes (CEILink externo - que inclui também a Rússia) e nos Estados Unidos.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.